A falta de saneamento básico e o risco recorrente à vida marinha

A falta de saneamento básico e o risco recorrente à vida marinha


Nosso trabalho tem como objetivo apresentar os riscos oferecidos à sociedade por falta de saneamento básico nas comunidades. O saneamento é um conjunto de medidas que visa preservar ou modificar as condições do meio ambiente com a finalidade de prevenir doenças e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e a produtividade do indivíduo e facilitar a atividade econômica. O saneamento básico é dividido em quatro pilares: (1) tratamento de água, (2) coleta e tratamento de esgoto, (3) drenagem de água da chuva e, por fim, (4) gestão de resíduos sólidos gerados e a limpeza urbana. Infelizmente, em muitos locais não há saneamento básico, fazendo com que esgoto bruto seja despejado em rios e em áreas litorâneas. A negligência governamental e das empresas é a principal causa desse problema, que proporciona riscos à saúde da população e causam poluição de diversas praias do Brasil, provocando impactos na vida marinha. A qualidade de vida na sociedade só é possível com o respeito ao meio ambiente, que tem no saneamento básico, um grande aliado para sua conservação. Buscando sensibilizar os espectadores sobre a importância do saneamento básico e os riscos que a falta de tal ação proporciona à população humana e à biodiversidade marinha, nosso trabalho consistiu na produção de um vídeo no modelo de mini-telejornal, cuja intenção principal foi reportar a importância do saneamento básico. Ademais, o vídeo debateu quais as melhores medidas a serem tomadas em conjunto pela sociedade com os seus governantes e trouxe também experiências exitosas adotadas por outras cidades, as quais mostraram resultados positivos no tocante à saúde da população e para o meio ambiente. Espera-se com este trabalho contribuir para a sensibilização das pessoas sobre as consequências da má administração das entidades públicas e das empresas no tocante ao saneamento básico, e seus impactos na saúde da sociedade e no meio ambiente, enfatizando os ecossistemas marinhos.


Palavras-chave: Saneamento, Biodiversidade marinha, Saúde, Meio Ambiente.


Professor

Thiago Leite de Melo Ruffo


Alunas (1MA)

- Lucas Manoel Feitosa da Costa

- Lais Lima Santos

- Thales Nascimento Gomes

- Grazielly Targino de Oliveira

- Livia Bernando do Nascimento

- Maria Eduarda Godinho Braga

- Luis Henrique Lima 3RP-B