PAULO FREIRE, A ETNOBIOLOGIA E O TRABALHO EXTENSIONISTA: as ações para o processo educativo, cultural e científico através de cartilhas

PAULO FREIRE, A ETNOBIOLOGIA E O TRABALHO EXTENSIONISTA: as ações para o processo educativo, cultural e científico através de cartilhas


Adailton Silva Santos, Alexandre Luciano Carneiro Perusio, Anilvânia de Santana Lima, Dreyciele Pereira Barbosa, Driely Rodrigues de Santana, Edoardo Famá, Eugênio Santos Batista, Jailes Pereira Duarte, José Artur Gomes Silva, Lais Santos Lima de Lima, Nivândia Maria Bezerra, Silvânia Coelho Souza, Helder Neves de Albuquerque e Marcelo Loer Bellini Monjardim Barboza


IFPB Cabedelo


Na comemoração dos cem anos de Paulo Freire é importante relembrar o cerne do seu trabalho que era a transformação das pessoas pelo saber tomando por base o conhecimento popular que estes já possuíam, nessa visão é de extrema importância que o trabalho extensionista se baseie em princípios etnobiológicos relacionado a dinâmica dos relacionamentos entre pessoas e seus grupos culturais, biota e meio ambiente mediados pela Instituição Técnica de Ensino, Pesquisa e Extensão que é o IFPB - Cabedelo. Com isso o presente trabalho objetivou a elaboração e divulgação de cartilhas que reúnem informações sobre etnobiologia e agroecologia com intuito de serem aplicadas pela comunidade em geral sob forma de trabalhos extensionistas através de cursos, palestras, reuniões, dentre outros, nos espaços de educação formal e não formal. As cartilhas foram confeccionadas por estudantes de três níveis de Ensino do IFPB - Cabedelo (Integrado, Subsequente e Superior) durante os meses de setembro, outubro e novembro de 2021, como produtos didáticos das disciplinas de Agroecologia, Projeto Interdisciplinar IV e Meliponicultura e Permacultura, através das aulas, dos textos trabalhados, das pesquisas bibliográficas e da vivência individual e coletiva dos participantes. Para análise, discussão e validação das cartilhas ocorreu uma mesa redonda/banca avaliadora que foi composta por três (3) professores da instituição, três (3) parceiros sociais e dois (2) extensionistas que avaliaram e apresentaram suas análises visando correlacionar a importância e a relação das mesmas com o tema “PAULO FREIRE, A ETNOBIOLOGIA E O TRABALHO EXTENSIONISTA: as ações para o processo educativo, cultural e científico através de cartilhas”. Com isto, espera-se que esses materiais possam através de um resgate cultural, auxiliar a evidenciar técnicas científicas associadas ao etnoconhecimento possibilitando, também, uma alavancagem de renda para todos os usuários das cartilhas.


Palavras-Chave: Educação Formal. Educação Informal. Etnoconhecimento. Polinizadores. Abelhas nativas.


cartilha_dega.pdf
Cartilha Jardim ASF Portelinha (5).pdf
Cartilha Meliponicultura Orbita (1).pdf
Cartilha temperos Naturais.pdf
Cartilhaagroecologia.pdf
TCC Bauhinia... (3).pdf