Retrato da educação na pandemia da COVID-19

Retrato da educação na pandemia da COVID-19


Maria Roberta Ferreira Guerra, Maria Luiza da Silva Dornelas, Ruth Maria Ribeiro de Freitas, Cauê Sobrinho de Brito, Letícia Ferreira de Brito, Kaline Silva Castro.


A pandemia da COVID-19 promoveu uma mudança nos processos formais de ensino e no perfil de interação entre professor e aluno. Um novo contexto de educação surgiu para prevenir o contágio da doença e as aulas presenciais foram substituídas por um modelo remoto de ensino. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) (2020) revelou que diferentes estratégias pedagógicas apoiadas na tecnologia e na internet foram implementadas nas escolas para dar continuidade às aulas de forma remota, como aulas online em plataformas como o Google Classroom. Entretanto, a educação online alcançou apenas uma parcela restrita de pessoas. Trabalhar com tecnologias digitais de forma democrática na educação ainda é um desafio imenso. Além das desigualdades existentes nesse processo, é importante destacar diversos questionamentos: como está a saúde mental de todos que participam da educação? Como os professores e alunos administram as aulas dentro das suas casas? Quais as dificuldades enfrentadas no ensino remoto? Surgiram avanços no processo de ensino aprendizagem? Quais os desafios do retorno às aulas presenciais? Quais as perspectivas de futuro para a educação? Diante desse contexto, o presente trabalho tem como objetivo retratar a educação no período da pandemia da COVID-19, através da elaboração de um vídeo que apresenta a realidade vivenciada por alunos e professores nesse período. O material buscará comparar diferentes cenários: o presente, o período anterior à pandemia, além de apresentar uma perspectiva do que vai acontecer no futuro da educação. Esse retrato apresentará a vivência e os sentimentos compartilhados pelos atores desse processo. A proposta contempla a meta quatro dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que tem foco na educação inclusiva e equitativa para toda a população. Com isso, espera-se que o material criado possa colaborar com estratégias para o retorno gradual das aulas presenciais, uma vez que os aspectos abordados podem ser considerados nas etapas de planejamento, com o intuito de minimizar os impactos impostos pela pandemia na educação.


Palavras-chave: Educação. Pandemia da COVID-19. Tecnologias digitais.